Hoje vim pra IBM lendo meu novíssimo “Guia Criativo para o Viajante Independente“, em especial a parte que fala da Rússia. Pra quem ainda não sabe, no próximo dia 31 de maio embarco em uma grande viagem para a Europa… Vou ficar 3 meses em Taizé, na França, trabalhando como voluntário na comunidade Taizé, o que vai ser uma graaaaande experiência, se bobear a maior da minha vida… Desde 2002 que é um dos maiores sonhos da minha vida ir pra lá, conhecer mais de perto a comunidade… !!! Depois fico uma ou duas semanas na casa de um amigo na Eslováquia, o Mike (que conheci quando fazia intercâmbio nos EUA), e em seguida vou pra Moscou, pra ficar mais um mês por lá na casa de uma amiga que conheci pela net em dezembro, a Galya (Галя, em russo).

Pois bem. Então vim lendo o tal guia, li várias coisas interessantíssimas sobre a Rússia. Não sei porque comecei pela Rússia. A idéia é ler bastante coisa sobre os três países que (a princípio) vou visitar: França, Eslováquia e Rússia. Mas não sei, acho que dos três, é o pais com cultura mais diferente, mas desafiadora… A amizade com a Galya conta bastante também…! =) Mas enfim. Cheguei na IBM e procurei um artigo sobre Rússia na Wikipedia, vi um link pro hino nacional, fui atrás, baixei o arquivinho, escutei e me encantei… Fiquei maluco! Achei inclusive um site que tem todos os hinos nacionais russos de todos os tempos, incluindo os da época da União Soviética…! E tem também vários vídeos… Coisa linda! Em especial, tem uma versão do hino cantada pelo Alexandrov Soviet Army Ensemble, simplesmente fantástica!!! A voz dos caras tem uma potência, você imagina aquele monte de soldado russo, de farda, com aqueles chapéus que eu não sei o nome, estufando o peito… Chega até a arrepiar os cabelos do braço!

Esse também é um dos motivos pelos quais quero conhecer mais da história russa… Desse modo as músicas passam a fazer mais sentido do que você simplesmente ouvir e pronto… Do pouco que conheço, fico aqui imaginando o povo lutando bravamente pela sua liberdade, sofrendo as intempéries dos tempos… É… Precisa estudar, né! E fui mais além na minha curiosidade, e comecei a fuçar hinos de outros países também… Peguei Israel, França, Eslováquia… Acho que desenvolvi uma nova paixão por hinos nacionais…!!! Tem muito da história e da vida de cada povo… Bonito isso! Uma música que representa toda uma nação… Fico imaginando o peso nos ombros dos compositores dessas músicas…!!! Não deve ser uma tarefa nada fácil… E como que é legal, dá uma alegria, uma coisa por dentro, você ver as pessoas cantando entusiasmadas seus respectivos hinos…

Tá, talvez já seja um pouco de viagem da minha parte… Tem também aquele nacionalismo meio exacerbado, que a pessoa fica meio cega, e pode até mesmo ir contra os próprios princípios em favor do país. Aí eu já acho exagero. Não é disso que eu estou falando aqui, vejam bem. Acho que deu pra entender, né? Também sinto que, quando a gente escuta o hino de outro país, ao mesmo tempo e inexplicavelmente, a gente sente também um orgulho pelo nosso próprio país, e fica com mais vontade de apreciar também nosso próprio hino… Que pode até não ser lá tão bonito assim, mas é nosso…! =) E acho que já chega de papo furado por hoje, né? =P

.

Today I came to IBM reading my brand new Creative Guide for the Independent Traveller, specially the part that talks about Russia. For those who still don’t know, on the next May 31st I’m going on a big journey to Europe… I’m gonna stay 3 months in France, working as a volunteer in the Taizé community, this is gonna be a great life experience, probably THE greatest… Since 2002, one of the biggest dreams of my life is to go there, and to know the community closely…!!! After that, I stay for 1 or 2 weeks at my friend Mike’s house in Slovakia (I met him when I was an exchange student in the U.S.), then I go to Moscow and stay there a month, at my friend Galya’s house (I met her on the net, in December of last year… her name in Russian is Галя).

So, there I was reading the guide, and I saw many very interesting things about Russia. I don’t know why I started with Russia. My idea is to read a lot of stuff about the 3 countries (at first) I’m gonna visit: France, Slovakia and Russia. But I don’t know, I think from these, Russia is the one more different and challenging culture… And the friendship with Galya sure counts a lot too…! =) Anyway… I got at IBM and looked for an article about Russia in Wikipedia, and I saw a link to the National Anthem, then I clicked, then I downloaded the file, then I listened to it, then I became enchanted… I got crazy! I even found a website with all-time Russian National Anthems, including the ones from Soviet Union time, and also several videos… beautiful… Beautiful !!! Specially the version sung by the Alexandrov Soviet Army Ensemble, simply wonderful! Their voice is so powerful, you imagine those bunch of Russian soldiers, with those army clothes and hats I don’t know the name… !!!

This is also one of the reasons why I wanna know more about the Russian history… This way the songs become more meaningful… From the little stuff I know about it, I imagine the people fighting bravely for their freedom, sufferind with the hard times… I need to study! And I went a little beyond my own curiosity and started digging into other countries’ national anthems too… I got France’s, Israel’s, Slovakia’s… I think I’ve just developed a passion for national anthems! They contains much of each people’s life and history… Beautiful, isn’t it? A song that represents a whole nation… I can imagine the burden over the shoulders of the composers of these songs… It mustn’t be an easy task…! And how nice it is, you feel some kind of Joy inside, when you see people singing, enthusiastics, their anthems…!

Ok, maybe all of this is a little “daydreaming” of me, and there is also that kind of exagerated nationalism, in which the person gets blind, and he even goes against his own principles in favor of his country… This is sad! And this is not what I’m talking about here… I think you got the point, didn’t you? I also feel that, when we listen to other country’s national anthem, at the same time and unexplainably, we feel a little pride of our own country, and we also feel a greater desire to listen to and admire our own national anthem… It might not be that beautiful as some others, but it is ours! =) And I guess that’s enough chit-chat for today, isn’t it?