Tenho vivido “dias de samba”… Esses dias tava fuçando no orkut, e entrei em várias comunidades lindas… Elton Medeiros, Wilson Batista, Cartola, Paulinho da Viola, Chorinho, entre muitas outras… E, claro, ao som do grande Paulinho no fone de ouvido. E bateu aquela saudade gostosa do meu queridíssimo CD que se perdeu pelas estradas da vida… Vou até contar a pequena história dele, que é bem pitoresca…

Tava passando pela 100% Vídeo, do Shopping D. Pedro, e tinha uma super promoção de CDs, por preço de banana, algo como R$5,00 ou menos… Só que só tinha daqueles CDs ruins: axé, pagode, sertanejo, etc… Mas dei um voto de confiança… Pensei: “Deve ter alguma coisa aqui no meio que salva! Tem que ter!” Até que achei uma preciosidade, um verdadeiro tesouro. A alegria continua, gravação de um show ao vivo, com Mariana de Moraes, Elton Medeiros e Zé Renato, com sambinhas lindos, coisa fina mesmo! Ouvi bastante, inclusive foi por esse CD que conheci A mariposa, um sambinha muito fofo e engraçadinho, acho que até já coloquei a letra aqui nesse blog, em tempos idos… E um belo dia ele não estava mais no meu convívio, e não o encontro mais, de jeito nenhum… Resolvi me conformar e aceitar a perda definitiva, e viver com alegria o meu luto… Que mais posso fazer? =) Pra terminar, vou colocar mais uma vez a letra da pequena Mariposa…

A Mariposa (Wilson Batista)

A mariposa, triste e coitada
Veio ao mundo pra morrer queimada
E sofreu muito por ver a borboleta
Que vive no jardim beijando o cravo e a violeta

A mariposa sonhou que vivia
Entre as flores num lindo jardim
Que era mais linda que a rosa
Namorava o lírio e beijava o jasmin

Quando acordou, não era nada
Voou pra luz, morreu queimada
Coitada da mariposa