Uma grande amiga minha, a Tai, me mandou esses dias o link do site de um jornal muito bonito e muito especial, o Jornal Recomeço. É distribuído em um presídio em Leopoldina, MG, e construído junto com os presidiários, com quase todas as colaborações deles. Vale a pena dar uma lida na história deles, e também nas primeiras edições. Eles tentam levar aos presos a alegria de escrever, de se expressar. E isso me fez pensar. Aliás, todas as coisas que nos acontecem nos fazem pensar, nem que seja por alguns milésimos de segundo. Enfim. Eu gosto de escrever, embora raramente tenha tempo para isso, ou faça tempo para isso. Mas sei lá. Agora acho que não é o momento de escrever. O triste disso é eu ter percebido só agora. Mas sabe aqueles momentos em que é melhor a gente ficar calado, quietinho no nosso canto, só aproveitando o agora, só estando ali, se alegrando com a beleza do momento presente… Só se encantando com a alegria da vida, o dom maravilhoso de se alegrar com cada pequena coisa que nos acontece… Acho que é por aí. Nossa, acho que parece mais um hippie falando, né? Acho que não estou muito inspirado hoje… Melhor parar. =)